andrew henderson menu

Andrew Henderson

Founder of Nomad Capitalist and the world’s most sought-after expert on global citizenship.

ABOUT THE COMPANY

What we’re all about

MEET OUR TEAM

Meet our 80+ global team

CONTACT US

We’re here to serve you

FAQS

Your questions answered

TESTIMONIALS

Read our testimonials

NEWSLETTER

Get free email updates

NC-image-menu

ACTION PLAN

Our flagship service for entrepreneurs and investors

ACTION PLAN ELITE

Create your Action Plan directly with the Mr. Henderson himself

CITIZENSHIP BY DESCENT

Claim a second passport based on familial connections

ALL SERVICES

Click here to see all our products and services

PASSPORT INDEX

Discover the world’s best passports to have in an ever-changing world

CITIZENSHIP MAP

Explore the citizenship options using our interactive citizenship map

TAX MAP

Explore the tax details for countries using our interactive tax map

ALL RESEARCH

Click here to see all of our research and interactive tools

THE WORLD’S #1 OFFSHORE EVENT

Learn from a curated “Who’s Who” of business speakers from around the world, get our latest R&D updates, and rub shoulders with successful people from all corners of the world.

NOMAD CAPITALIST THE BOOK

Andrew Henderson wrote the #1 best-selling book that redefines life as a diversified,
global citizen in the 21st century… and how you can join the movement.

Investing • Real Estate

Guia de investimento imobiliário em Lisboa, Portugal

Fallback Image

Local: Cidade do México, México

Por que você não moraria num lugar amistoso, ensolarado o ano inteiro, com alta qualidade de vida, baixa criminalidade e alguns dos melhores preços da Europa?

A capital de Portugal, Lisboa, é tudo isso. É conhecida pelo povo amistoso, culinária deliciosa, rica história e arquitetura ornamentada. Além disso, sentar-se numa colina com vista para o rio Tejo é uma das experiências mais espetaculares que existem.

Lisboa tem uma economia forte e em crescimento, com ótimo potencial para investimento. O mercado imobiliário, principalmente nos últimos tempos, está bastante popular entre os investidores. A demanda por imóveis residenciais está maior do que a atualmente disponível. Portanto, os preços continuam altos. Devido ao aumento nas taxas de juros e à desaceleração no crescimento econômico, o mercado de imóveis residenciais em Portugal pode sofrer correção de preços em 2023. 

Nos últimos anos, grande parte do atrativo dos investimentos em imóveis em Portugal foram devido ao seu programa de visto gold. Contudo, foi anunciado em fevereiro de 2023 que Portugal cancelaria seu programa de visto gold.

Mas há outras ótimas opções imobiliárias além do programa de visto gold que valem considerar.

Trocando em miúdos, agora é um ótimo momento para começar a investir em imóveis em Lisboa. 

Neste artigo, vamos colocar você por dentro de todos os detalhes do que os investimentos em imóveis em Lisboa oferecem, por que você deveria investir agora, e qual é o processo para investir, etapa por etapa.

Por que investir em imóveis em Lisboa, Portugal?

Mesmo no pós-pandemia, o mercado imobiliário em Lisboa, e na maior parte de Portugal, continua bombando. Portugal, especialmente Lisboa, têm atraído bastante atração internacional como um destino turístico popular e ótimo lugar para investir.

Por sorte, não há restrições para estrangeiros que querem comprar casa no país. 

Lisboa é um ótimo lugar para investir em imóveis, estando listado como uma das capitais europeias com melhor preço de imóveis. É mais cara do que o interior de Portugal, mas há opções com melhor retorno do investimento na capital. É possível encontrar imóveis que passaram por boas renovações no centro da cidade na faixa dos € 200.000 (R$ 1.083.878,42) a € 500,000 (R$ 2.709.696,05).

Outro benefício é que os preços para comprar e alugar continuam a subir. Na zona metropolitana de Lisboa, os preços dos imóveis subiram 15,2% (4,8% em termos reais) em novembro de 2022, colocando o preço médio a € 1.929 (R$ 10.455,05) por metro quadrado.

Embora os preços dos imóveis estejam aumentando, ainda é relativamente barato para a Europa, principalmente para uma capital. Os imóveis em Lisboa também têm um custo moderado de compra e venda de propriedades. No geral, os custos de transação são relativamente baixos. Há taxas de corretagem, impostos de valor agregado (IVA), taxas de transferência e honorários jurídicos, mas todas estão na faixa baixa a média.

A capital atrai bastante turismo. Comprar imóveis lá, principalmente na zona central, é um ótimo investimento, mesmo se você não pretende morar lá. Há ótimas opções para disponibilizar imóveis para aluguel ou usá-los como Airbnb. 

Existe um imposto fixo líquido de 28% sobre renda de aluguel, mas os consertos, gastos de manutenção e impostos locais podem ser descontados da renda bruta de aluguel. Em comparação a outras cidades europeias, o retorno sobre a renda de aluguel é bem alto em Lisboa, tornando-o um ótimo investimento.

Conseguir residência pela compra de imóvel em Portugal também deixará você apto para o regime fiscal de Residente Não Habitual (RNH). O programa oferece a residentes e investidores estrangeiros impostos reduzidos e algumas isenções. Embora a segunda cidadania na maior parte dos países da Europa não ajude a diminuir a alíquota de impostos, Portugal é exceção, possibilitando 0% de imposto sobre a renda.

Morar em Lisboa

Living-in-Lisbon

Lisboa é uma das cidades mais antigas de toda a Europa, e vale tanto a pena que está entre os cinco primeiros lugares do nosso Índice de Qualidade de Vida Nômade. Com alta qualidade de vida e baixo custo de vida, também está em nossa lista de 7 cidades europeias para viver com luxo por um preço baixo.

A cidade de Lisboa tem muito a oferecer. 

Lisboa está em voga ultimamente devido à sua reestruturação econômica e aos seus esforços para atrair start-ups. Embora os empregos locais em partes do país possam não pagar muito, Portugal está se empenhando para atrair empreendedores e trabalhadores com qualificações específicas. Há várias oportunidades para começar e desenvolver uma empresa lá.

Lisboa é o paraíso dos expatriados. Há uma grande rede de expatriados que vieram morar ou trabalhar em Lisboa. A maioria dos expatriados comentam a respeito da atmosfera amigável e calorosa, além da comunidade ativa, com muitas atividades e facilidade de conhecer pessoas. A vida noturna também é ótima, e sempre há festivais e eventos culturais.

Há uma grande diversidade cultural, pois a cidade é muito aberta a expatriados e os aceita bem. Lisboa tem uma atmosfera acolhedora e segura, com uma das menores taxas de criminalidade da Europa. 

É um lugar agradável, com temperatura amena o ano inteiro, ensolarado, ritmo de vida tranquilo e povo amistoso e caloroso. Há várias praias por perto com 10 meses de clima maravilhoso. As pessoas saem bastante.

Há muita coisa a ver em Lisboa. Há monumentos e locais históricos em abundância, museus de primeira e linda arquitetura. As próprias ruas, principalmente nos bairros mais antigos, são divertidas de explorar.

O custo de vida em Lisboa é um dos menores da Europa, com custos de mercado e transporte acessíveis. A cidade e o país no geral também oferecem uma ótima estrutura em termos de estabilidade do governo, saúde de qualidade e acesso à educação, e um sistema de transportes excelente.

Lisboa também oferece uma culinária de primeira. Há muitos restaurantes e bares, com comida deliciosa e diversas opções culturais.

Sem contar que falam o nosso idioma. Falar português ajuda a buscar cidadania.

Motivos para investir em imóveis em Lisboa agora mesmo

A maioria dos investidores enfocaram imóveis em Lisboa, no Porto ou perto do litoral. Portugal não tem restrições a aquisição de imóveis por estrangeiros, e os preços dos imóveis em Lisboa ainda estão entre os mais baixos da Europa, tornando-se uma ótima opção para investir em imóveis estrangeiros, mesmo sem o programa de visto gold.

Se você não pretende morar em Lisboa em tempo integral, existem ótimas opções para disponibilizar o seu imóvel para aluguel, e há uma grande demanda por apartamentos para alugar em Lisboa. Enquanto os preços dos imóveis para compra são relativamente baixos, os preços do aluguel, principalmente no centro de Lisboa, continuam elevados e aumentando. Os retornos de aluguel na área de Lisboa vão de 3% a 8%.

Além disso, atualmente há muito interesse em Lisboa como destino turístico, base para start-ups e para expatriados que procuram recomeçar a vida. Você não terá problemas para encontrar alguém para alugar seu apartamento lá. Embora os preços dos imóveis sejam muito mais caros na região central de Lisboa, você terá uma renda de aluguel muito maior. O investimento pode valer a pena.

O melhor bairro de Lisboa

Lisboa é a capital e maior cidade de Portugal, com vários bairros interessantes para investidores estrangeiros.

Lembre-se que não existem áreas inseguras de fato em Lisboa. Como mencionado, tem uma das menores taxas de criminalidade da Europa. Não é como Bogotá, onde você deve evitar alguns bairros por questões de segurança.

Então, sem mais delongas, quais áreas recomendamos ao comprar imóveis em Lisboa?

Alfama e Graça

Se procura um bairro tranquilo e tradicional em Lisboa, Alfama e Graça são a resposta. Eles são conhecidos como “o coração de Lisboa”, com uma comunidade bem unida que trata você como se fosse da família. 

Como são os bairros mais antigos de Lisboa, estes vilarejos encantadores também abrigam muitas áreas históricas com ruas medievais estreitas e as melhores vistas da cidade. Também foi lá que se originou o fado, estilo tradicional de música de Portugal.

Embora seja um bairro tranquilo no coração da cidade, também fica próximo ao transporte público e é uma área turística popular. Então, sim, é tranquilo, mas não morto.

Grande parte das moradias precisa de reforma, mas é possível encontrar imóveis reformados por preços acessíveis. As melhores casas ficam ao redor da catedral. 

Bairro Alto

Conhecido como o centro da vida noturna boêmia, o Bairro Alto é onde todos estarão na noite de sábado. É o local dos restaurantes mais populares, da vida noturna e das compras, e também de muitos imigrantes e expatriados, dando uma sensação de diversidade cultural.

As ruas laterais têm muitos apartamentos bons (e como muitos que precisam de reforma). Se você não se importar com os finais de semana barulhentos, pode ser um local central fantástico para se morar.

Príncipe Real

Príncipe Real é um bairro tranquilo e encantador conhecido pelos seus jardins, e talvez seja o local mais descolado para se morar em Lisboa atualmente. Se você não quer a vida noturna agitada do Bairro Alto e gostaria mais de uma área residencial sofisticada, o Príncipe Real é o lugar certo. 

Os prédios desse bairro são mais imponentes, dando um ar mais caro. Tem algumas das melhores boutiques e locais para comer e beber, especialmente ao longo da Rua Dom Pedro V. 

Os preços dos aluguéis e das casas são mais altos. Mas quem busca um bairro de elite, com jardins e lojas sofisticadas, vai gostar deste bairro.

Baixa e Rossio

Os bairros da Baixa e do Rossio são o coração do centro de Lisboa. Essa área abriga os principais marcos históricos de Lisboa, bem como muitos ótimos lugares para fazer compras e comer. Como destino turístico, é mais movimentado de dia, mas mais tranquilo à noite.

Os apartamentos nessas áreas são bem espaçosos, e há muitas oportunidades de investimento excelentes. Como mencionado, se você está buscando um imóvel para investimento onde você não vai morar, mas disponibilizar para aluguel, esses bairros oferecem ótimas oportunidades como pontos turísticos.

Alcântara

Alcântara é um ótimo bairro junto ao rio Tejo e junto ao centro da cidade, onde você encontrará ótimas atrações, como as Docas de Santo Amaro, que tem bares e restaurantes fantásticos junto às docas, e a descolada LX Factory, que é uma fábrica reformada com lojas, restaurantes, escritórios e muito mais.

Os apartamentos em Alcântara custam a partir de € 250.000 (aproximadamente R$ 1.354.523,90) por um bom apartamento de um quarto. É possível pagar facilmente € 1 milhão (R$ 5.418.095,61) por um apartamento mais espaçoso, mas há muitos apartamentos legais por menos.

Como investir em imóveis em Lisboa, Portugal

How to Invest in Real Estate in Lisbon

Como mencionado anteriormente, o visto gold não está mais disponível. Felizmente, ainda há opções para além do programa de visto gold. Vamos discutir o processo etapa por etapa para investir em imóveis em Lisboa. É importante observar que a compra de um imóvel é raramente um processo simples, e a compra internacional envolve mais alguns trâmites e trabalhos. Por isso, se prepare.

Além disso, saiba que pode ser muito útil, e evitar muitas dores de cabeça, trabalhar com um profissional na hora de comprar imóveis internacionais como estrangeiro. Nossa equipe tem anos de experiência nesse tipo de trabalho. Fale conosco se estiver procurando por profissionais experientes para simplificar o processo.

Etapa 1: Conseguir um número fiscal português

Tanto residentes como não residentes, para investir em imóveis em Portugal, precisam de um Número de Identificação Fiscal (NIF). Você pode conseguir um número falando com qualquer um dos escritórios de finanças do governo. Você precisará fornecer um comprovante do seu endereço atual e informações do passaporte.

Também vai precisar desse Número de Identificação Fiscal para abrir uma conta bancária em Portugal, o que é aconselhável quando compra imóveis no país, para evitar flutuações nas taxas de câmbio.

Etapa 2: Encontrar um imóvel

Existem bons sites que podem ajudar você a encontrar o imóvel perfeito em Lisboa. OLX, Imovirtual, Idealista, Trovit e Nestpick são alguns exemplos.

Você precisará trabalhar com um corretor imobiliário local que possa atender às suas necessidades e trabalhar com você para encontrar exatamente o que você procura no local certo. 

Outra alternativa é fazer uma parceria com a equipe da Nomad Capitalist. Nosso principal objetivo é encontrar um bom negócio para você, não um acordo “para expatriados” (e superfaturado) como muitos dos corretores locais especializados em lidar com estrangeiros tentam fazer.

Primeiro, determine seu orçamento e em que tipo de imóvel você deseja investir. Aqui estão algumas de nossas sugestões:

  • Escolha um apartamento no centro da cidade se quiser aproveitar o mercado vibrante dos Airbnbs e alugar para um número cada vez maior de turistas
  • Escolha um apartamento de 2 a 3 dormitórios nos bairros mais tranquilos discutidos acima se quiser alugar para profissionais por um período mais longo
  • Viaje para Lisboa e escolha um bairro e um imóvel que você adoraria se fosse morar lá (mesmo se fosse apenas parte do ano, como parte de uma estratégia tripla)

Se você tiver necessidades e desejos específicos, podemos resolvê-los juntos e oferecer recomendações sobre qual tipo de imóvel e local você deve procurar.

Depois de restringir suas opções, vá ver os imóveis e escolha qual você gostaria de comprar. Você pode pular esta etapa se for comprar o imóvel remotamente.

Etapa 3: Comprar o imóvel

Depois de encontrar o imóvel que deseja e acertar o preço com o proprietário, a próxima etapa é tratar de todas as formalidades do contrato. 

Se você ainda não encontrou um bom advogado local ou não escolheu fazer parceria com nossa equipe, agora é a hora de procurar ajuda profissional. Você precisará revisar os termos e o contrato de promessa com seu advogado. Então, tanto o comprador quanto o vendedor assinarão o contrato de promessa.

Neste momento, você deverá pagar um depósito, que geralmente é de 10% do custo. Se você desistir do negócio após este momento, perderá seu depósito.

Etapa 4: Assinatura do contrato de promessa

É uma etapa bem simples. Quando todos os termos do contrato de promessa forem cumpridos, o comprador e o vendedor ou seus advogados se reunirão perante um tabelião para finalizar a venda. 

Nesse momento, o comprador pagará o restante do imóvel, e o vendedor entregará as chaves.

Etapa 5: Pagar as taxas

Em Portugal, o vendedor normalmente paga as taxas de corretagem, mas o comprador também incorre em vários custos adicionais:

  • IMT (imposto sobre transmissão de imóveis), com base no valor do preço de compra e na sua situação. Para não residentes que estão comprando uma segunda ou terceira casa, pode chegar a 10% do preço de compra.
  • Imposto do Selo, taxa fixa de 0,8% do preço de compra
  • Taxas notariais e taxa de registro predial, geralmente entre 0,2% e 1,2% do valor do imóvel

Manutenção do seu imóvel em Lisboa

Não existe segredo para manter seu imóvel em Lisboa em comparação a qualquer outro lugar na Europa.

Você será responsável por contas de serviços públicos que consistem numa taxa recorrente, bem como uma taxa de uso que é medida. Ou seja, mesmo que não use eletricidade ou água, terá de pagar um valor fixo por mês. 

Todas as despesas de serviços públicos devem custar apenas algumas centenas de euros se você estiver usando o espaço. É normal que os inquilinos paguem todas as contas de serviços públicos se você estiver alugando o imóvel a longo prazo. 

Se pretende usar o imóvel para alugar, existe um mercado de gestão imobiliária bem desenvolvido, principalmente nas maiores zonas turísticas de Lisboa. Por uma taxa, eles cuidarão de todas as suas preocupações em relação ao aluguel.

Você será responsável pelo pagamento de um imposto predial anual. Cada município arrecada seus próprios impostos. Em média, as taxas variam entre 0,3% e 0,8% do valor do imóvel. Previsivelmente, os imóveis nas grandes áreas turísticas exigem taxas mais altas.

Ainda assim, não é como o imposto predial nos Estados Unidos ou na Europa Ocidental, onde fazem você pagar caro só porque você tem um imóvel.

Os desafios de comprar imóveis em Lisboa

Bying Lisbon Real Estate

Comprar imóveis estrangeiros pode ser um processo intimidador. Não há sensação mais assustadora do que quando você está prestes a transferir dinheiro para um país estrangeiro, talvez para algum lugar onde você nunca esteve antes.

Enquanto alguns lugares na América Latina e na Ásia têm suas características problemáticas em relação à compra de imóveis, há menos preocupações em Portugal e especialmente em Lisboa, onde o investimento estrangeiro é comum. Todo o processo é totalmente regulado e tratado por tabeliães, advogados e funcionários do governo.

Praticamente não há espaço para golpes ou contratempos. Mas é bom sempre ficar atento, onde quer que esteja comprando imóveis.

O maior desafio do mercado imobiliário de Lisboa deve ser encontrar imóveis para venda. A demanda por habitação em Lisboa está elevada. Atualmente, há muito mais demanda do que moradias disponíveis. Então é ótimo para preços de venda e retorno de aluguel, mas fica mais difícil encontrar a opção perfeita pelo preço que você deseja.

Os preços continuam subindo, portanto, é bom agir rápido para conseguir um preço melhor.

Outra consideração específica de Portugal é a lei da sub-rogação. Essa lei atribui as dívidas ao imóvel, e não ao devedor. A maioria dos advogados perceberá isso ao redigir o contrato, mas, se você não tomar cuidado, poderá ser responsabilizado por impostos, contas ou até mesmo hipotecas não pagas relacionadas ao imóvel. 

O último desafio diz respeito à escritura da propriedade. Portugal tem uma cláusula de dispersão de propriedade em que os bens familiares vão passando de geração em geração e podem acabar pertencendo a várias pessoas, incluindo familiares que emigraram para outro país. Isso pode causar grandes atrasos na finalização das vendas, pois você precisa ir buscar todos os proprietários do imóvel para facilitar a venda. 

Embora seja menos comum em Lisboa, ainda é algo para prestar atenção se estiver com pressa para comprar seu imóvel. E, mais uma vez, qualquer bom advogado vai perceber algo assim, então consiga uma boa representação ao comprar imóveis estrangeiros.

Conseguir residência e cidadania em Portugal

Ainda é um bom investimento comprar imóveis em Lisboa, mesmo sem o programa de visto gold, mas se você está apenas procurando residência e cidadania, pense em outras oportunidades de investimento que são um pouco menos complicadas do que imóveis. Existe uma opção para empresários, e também contribuições de capital. 

Além do programa de visto gold, você pode obter cidadania em Portugal depois de morar lá por cinco anos. Se você não é cidadão da União Europeia, primeiro precisará solicitar uma autorização de residência temporária, com duração de um ano. Ela poderá ser renovada por dois anos, e outra vez por mais dois anos.

Após esses cinco anos de residência temporária, você pode solicitar autorização de residência permanente, que deverá ser renovada a cada cinco anos. Ou, após os cinco anos, você pode solicitar cidadania.

É uma ótima opção se você busca comprar imóveis e morar em Lisboa. Você pode simplesmente encontrar um bom lugar e, cinco anos depois, solicitar a cidadania. Você precisará comprovar conhecimento suficiente da língua portuguesa e não ter antecedentes criminais. 

Se você é casado com alguém com cidadania portuguesa, poderá solicitar cidadania após três anos, e não há requisitos para morar no país nessa opção.

Também existem opções de cidadania se você tiver a sorte ter pais que eram cidadãos portugueses. A cidadania por descendência é a opção mais rápida e barata para conseguir cidadania em Portugal.

Comprar imóveis em Lisboa – Perguntas frequentes

Buying-Real-Estate-in-Lisbon

Estrangeiros podem comprar imóveis em Lisboa?

Portugal não restringe a compra de imóveis por estrangeiros. Muitos dos programas do governo incentivam estrangeiros a comprar e investir em imóveis.

Quais são os documentos necessários para comprar um imóvel em Lisboa?

Primeiro, você precisará obter um Número de Identificação Fiscal português, que você ou seu advogado podem obter em qualquer um dos escritórios tributários locais. Você também vai precisar dos seguintes documentos:

  • Documento de identificação com foto do comprador e do vendedor
  • O Contrato-Promessa de Compra e Venda (CPCV)
  • Certificado energético do imóvel
  • Imposto de Selo
  • Caderneta Predial

Preciso de advogado ao comprar um imóvel?

Sim, aconselhamos fortemente contratar um profissional. Um advogado atuará em seu nome, o que é especialmente útil ao comprar remotamente.

Por que comprar imóveis em Lisboa?

Lisboa está em voga como um local cada vez mais popular para visitar e comprar imóveis, seja para uma segunda moradia ou para investimento. É uma combinação insuperável de alta qualidade de vida e baixo custo de vida, clima agradável, economia estável e baixos preços de imóveis para uma capital europeia.

Quais são as taxas adicionais ao comprar um imóvel em Lisboa?

As taxas dependerão do tipo e valor do imóvel que você comprar. Em geral, para imóveis privados, as taxas variam entre 7% e 10% do preço de compra.

Imóveis são baratos em Lisboa?

Sim e não. Para imóveis numa capital da Europa Ocidental, os preços médios em Lisboa são alguns dos mais baixos. Em Portugal, Lisboa é um dos lugares mais caros para comprar imóveis. Embora seja mais caro para Portugal, Lisboa também é um importante destino turístico para o país e, atualmente, na Europa, tornando o seu investimento bem valioso.

Estrangeiros podem comprar imóveis em Portugal?

Sim, estrangeiros podem comprar imóveis lá, desde que tenham toda a documentação correta.

Comprar imóveis em Lisboa é um bom investimento?

Comprar um imóvel para alugar em Lisboa pode ser um excelente investimento financeiro. Sobretudo agora em Lisboa, a demanda por imóveis residenciais está maior do que a atualmente disponível, o que aumenta os preços. Além disso, o retorno de aluguel durante a alta temporada do turismo torna o investimento imobiliário bem lucrativo. Também vale notar que Lisboa e Portugal tiveram um crescimento constante nos últimos anos, apesar da pandemia. Esse é sempre um fator importante ao pensar onde investir.

Quanto é exigido de caução ao comprar imóveis em Lisboa?

É exigido um caução inicial de 10% no momento da assinatura do contrato de promessa. Então o resto é pago quando o contrato é celebrado e registrado em cartório. No entanto, se estiver fazendo um contrato de hipoteca em Portugal, é necessário um depósito de 20%. Empréstimos de bancos portugueses geralmente variam de 60% a 80% do preço de avaliação, dependendo do credor.

Imóveis são mais baratos na Espanha ou em Portugal?

Portugal costuma ser mais atraente devido à sua alta qualidade de vida com custo de vida mais baixo. Segundo o Numbeo, os bens de consumo em Portugal são em média 3% mais baratos do que na Espanha, e os preços de restaurantes são 10% mais baixos.

Lisboa é um bom lugar para investir em imóveis?

Sim! O mercado imobiliário em Portugal é barato em comparação com outras capitais da Europa Ocidental. Nos últimos anos, teve um período de crescimento constante, o que o torna um excelente lugar para investir.

É um bom momento para comprar imóveis em Lisboa?

Lisboa ainda oferece ótimas oportunidades de investimento imobiliário, especialmente nas grandes áreas turísticas, onde os imóveis podem ser usados para aluguel e Airbnb. Os preços continuam a subir, portanto é bom agir rápido para ter o maior ganho possível.

Expatriados pagam impostos em Portugal?

Como não residente em Portugal, você só é tributado sobre o rendimento português, enquanto residentes pagam imposto internacional. Você é considerado residente se morar em Portugal por 183 dias ou mais num período de 12 meses consecutivos.

Existe imposto predial em Portugal?

Como proprietário de imóvel em Portugal, terá de pagar o imposto predial, também conhecido como IMI. As taxas são fixadas em cada município e, portanto, variam de 0,3% a 0,45%.

Existe imposto sobre o patrimônio em Portugal?

Em termos de imóveis, há um pequeno imposto sobre o patrimônio. Para imóveis de corporações, a taxa é de 0,4%. Para pessoas físicas, 0,7%, e para proprietários de imóveis com valor superior a 1 milhão de euros, existe uma taxa de 1%. Há uma dedução de € 600.000 (R$ 3.250.371,05) do valor do imóvel para pessoas físicas, mas não para empresas.

Imóveis em Lisboa: um ótimo investimento

Cidade aberta, diversa e linda, Lisboa tornou-se um ponto cobiçado por turistas e expatriados. É difícil superar seu clima agradável o ano inteiro e seu povo amigável. 

Além de ser um lugar lindo, manteve-se economicamente estável durante a pandemia, e os preços das habitações continuam subindo. 

São estas algumas das vantagens de investir em imóveis em Lisboa:

  • É um dos mercados imobiliários mais seguros e atraentes da Europa
  • Traz os preços imobiliários mais baixos para uma capital europeia
  • Grandes retornos de aluguel, especialmente nas áreas turísticas do centro
  • Sólidas proteções constitucionais à propriedade
  • Prazo curto para obter cidadania (cinco anos)
  • Passaporte de alto nível
  • Possibilidade de estabelecer Residência Não Habitual e aproveitar a incrível economia em impostos

Se você está pensando em investir em imóveis no exterior, Lisboa é um ótimo investimento neste momento.

Como capital de Portugal, Lisboa oferece todo o charme e benefícios da Europa, mas com alguns dos preços mais baixos de toda a Europa Ocidental. O importante é que você não trabalhe com os corretores locais que se “especializaram” em investimentos imobiliários e vão cobrar um valor exagerado.

Aqui na Nomad Capitalist, temos uma perspectiva do mercado imobiliário de Lisboa adquirida na prática, e podemos fazer uma parceria para descobrir o melhor negócio e o melhor imóvel para você. 

Fale com a gente hoje mesmo para saber como aproveitar ao máximo o seu próximo investimento.

GET ACTIONABLE TIPS FOR REDUCING TAXES AND BUILDING FREEDOM OVERSEAS

Sign up for our Weekly Rundown packed with hand-picked insights on global citizenship, offshore tax planning, and new places to diversify.

YOU MAY ALSO LIKE

How to Invest in CBDCs?

How to Invest in CBDCs?

The evidence that Central Bank Digital Currencies (CBDCs) could soon replace physical cash, topple...

Reduce Your Taxes And Diversify Your Wealth

Nomad Capitalist has helped 1,500+ high-net-worth clients grow and protect their wealth safe from high taxes and greedy governments. Learn how our legal, holistic approach can help you.

What do you want to accomplish?

Let us know your goal and we will tell you how we can help you based on your details.

$

We handle your data according to our Privacy Policy. By entering your email address you grant us permission to send you the report and follow up emails later.